Crédito

Transferência de crédito habitação: o que é e como funciona?

As parcelas mensais da casa estão caras? Pode ser o momento de fazer a transferência de crédito habitação. Confira aqui o que é isso, como funciona e em quais bancos é possível solicitar esse serviço!

Anúncios

Transferir um crédito habitação pode ser uma boa opção para seu orçamento 

homem e mulher fazendo contas para transferência de crédito habitação em frente a notebook
Entenda mais sobre transferência de crédito. Fonte: Pexels.

A transferência de crédito de habitação é uma opção quando as parcelas do empréstimo de compra do seu lar estão pesadas. Ou, então, quando outras estão e o custo do orçamento mensal está alto.

Ela nada mais é do que uma operação financeira que envolve dois bancos. Com ela é possível obter melhores condições para seus empréstimos que já existem. Nesse caso, especificamente para o de habitação.

Abaixo, então, confira mais sobre essa chance de reequilibrar o orçamento e fazer sobrar dinheiro. Continue lendo e saiba mais!

Logotipo crédito pessoal Creditas

Como solicitar o crédito Creditas online?

Veja o passo a passo de como solicitar o crédito Creditas sem complicações ou burocracia.

O que é transferência de crédito habitação?

Essa é uma operação bancária que lhe permite transferir um empréstimo feito em um banco para outra instituição bancária. Ou seja, a dívida é transferida. Com ela, o credor original é pago e passa-se a ter um segundo credor.

Por exemplo, imagine que você fez um empréstimo com o banco X. Contudo, com o tempo, as condições das parcelas as tornaram altas demais. Com isso, seu orçamento apertou e ficou difícil sustentar o pagamento. Então, você descobre que o banco Y tem melhores condições para o mesmo crédito. Assim, pode contratá-lo e, assim, o banco X deixa de ser credor, pois agora o banco Y o é.

Nessa situação, o banco Y paga ao banco X o valor do saldo devedor (crédito) que você possuía na primeira instituição. Assim, a dívida com o banco X deixa de existir. Surge, em seu lugar, uma dívida com o banco Y, que é o novo credor.

É assim que funciona a transferência de crédito de habitação. É a possibilidade de trocar de credor. O que a justifica é que o empréstimo para o saldo devedor com outro banco tem melhores condições. Por isso, é uma forma de diminuir o valor da dívida e as parcelas. Igualmente, de fazer sobrar dinheiro e dar um respiro ao orçamento.

Isso é possível pelo oferecimento de menores taxas de juros e outras que recaem sobre o saldo. Cada banco pode estabelecer suas próprias taxas, respeitando limites impostos por lei. Então, caso o seu banco não ofereça as melhores condições, por que não buscar quem o faça?! Abaixo, confira como contratar o crédito habitação.

O que preciso para fazer transferência de crédito habitação?

Para isso é necessário encontrar outras opções de crédito habitação. Esse é um processo que requer pesquisa e simulações de condições. Após encontrar uma opção mais benéfica que a original, então, ainda é necessário aguardar pela análise de crédito.

Afinal a instituição bancária para quem se quer transferir uma dívida precisa analisar se há confiabilidade. Por exemplo, não é possível fazer esse tipo de operação financeira quando se está na “lista negra” do Banco de Portugal. 

Após a análise o banco para quem você quer fazer a transferência do crédito habitação ele pode oferecer uma proposta. Nesse momento é importante ler o contrato com cuidado, analisar todas as taxas e outros valores.

Caso a proposta seja benéfica e refletir as simulações, basta aceitar a proposta e encaminhar a documentação necessária.

Quanto tempo leva?

Primeiramente há o tempo relacionado à busca de condições e análise pelos bancos. Contudo, após a contratação da transferência de crédito habitação, o novo credor (banco Y, conforme exemplos acima), contata o banco X para fazer a operação.

O banco X tem, então, 10 dias para dar todas as informações necessárias e, aí, o processo continua. Portanto, a transferência não ocorre de um dia para o outro e requer alguns dias disponíveis.

Os bancos podem negar?

O banco que inicialmente era o credor da dívida não pode negar a transferência do crédito habitação. Afinal, ele receberá o valor devido de outra instituição. Portanto, não ficará no prejuízo.

Contudo, nada impede um banco que ele lhe negue o empréstimo, em si. Isto é, ao buscar condições de crédito no mercado, as instituições não são obrigadas a concedê-las. A obrigação somente se refere ao credor original quando o cliente conseguir uma outra instituição para fazer a transferência.

Onde fazer transferência de crédito habitação?

pessoa explicando sobre transferência de crédito habitação para outra pessoa, os dois sentados frente a frente numa mesa
Em quais bancos é possível fazer transferência de crédito habitação? Fonte: Pexels.

Existem várias instituições bancárias que aceitam a transferência de créditos. Por isso, são inúmeras as opções para quem procura esse tipo de operação. Desse modo, é possível realizar uma série de simulações e encontrar uma opção que seja perfeita para você.

Confira alguns dos bancos que oferecem a transferência de crédito habitação e que podem ter boas opções para você.

Novo Banco

O Novo Banco é uma das opções disponíveis. Ele permite a transferência de crédito habitação de aquisição, habitação própria, terreno, garagem e outros. Além disso, oferece taxa fixa ou mista de até 30 anos. É possível fazer a simulação online, no site do banco.

Santander

Outra opção para quem quer fazer a transferência de crédito habitação é do Santander. Contudo, a operação deve ser feita presencialmente. Ou seja, é necessário ir até uma agência e ali entregar documentos sobre a operação original de empréstimo e também sobre o imóvel. Somente depois há apresentação de uma proposta.

CTT

O banco CCT oferece a possibilidade de transferir o crédito de habitação. A instituição oferece o pagamento da transferência. Isto é, das taxas cartorárias e de multa que podem decorrer disso. Além disso, oferece condições e vantagens variadas de acordo com o valor da transferência.

É possível buscar os serviços nas agências do CTT ou fazer uma simulação de transferência de crédito habitação pelo site da instituição. Com isso, você pode descobrir o que o banco tem a oferecer e se é possível gastar menos ao quitar sua casa.

E, se além de crédito habitação, você procura por um empréstimo, veja o conteúdo que preparamos a seguir! Nele, você recebe dicas e cuidados necessários ao solicitar um empréstimo em Portugal para comprar qualquer bem, como um carro, por exemplo.

Cofrinho preto de porquinho, com várias moedas ao redor. Representando como conseguir empréstimo em Portugal.

Como conseguir empréstimo em Portugal: 5 dicas valiosas!

Empréstimo em Portugal: proteja-se e aumente suas chances de obter! Veja aqui 5 dicas e cuidados necessários.

Em Alta

content

Como aderir à carteira digital XTB?

Quer uma plataforma segura para negociar investimentos? Então confira como aderir à carteira XTB e saiba tudo sobre essa oportunidade.

Continue lendo
content

Como pedir o cartão Banco Best Gold Visa?

Aprenda como solicitar o cartão de crédito Banco Best Gold Visa, que conta com cobertura internacional e possibilidade de anular a anuidade!

Continue lendo
content

Como contratar o Crédito Habitação BPI? Confira passo a passo

Quer contratar Crédito Habitação BPI? Então confira, aqui, como solicitá-lo online e sem sair de casa e conquiste a casa dos seus sonhos!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Aplicação para assistir filmes e séries grátis: conheça 9 opções!

Com aplicação para assistir filmes e séries grátis, é possível acompanhar várias obras sem se preocupar com mensalidade! Aproveite!

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito Bankinter Premier

Conheça o cartão de crédito Bankinter Premier, um cartão flexível que conta com bandeira Visa Internacional e adesão online. Saiba mais!

Continue lendo
content

Crypto FX: Invista em Bitcoin e mais com o Banco Carregosa

Saiba como investir em Crypto FX pelo Banco Carregosa e tenha exposição ao mercado das mais populares criptomoedas, como Bitcoin e Ethereum.

Continue lendo